16 de dezembro de 2017

Cerca de 25% dos adolescentes dos EUA fumam maconha


Cerca de 25% dos adolescentes dos EUA fumam maconha

(CNBC) Cerca de 25% dos adolescentes dos EUA estão usando maconha, de acordo com uma pesquisa recente.
Dos estudantes dos graus 8, 10 e 12 entrevistados, 24% disseram que havia usado a droga no ano passado, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Michigan. O aumento de 1,3 por cento é o primeiro aumento significativo em sete anos.
O aumento no número de adolescentes usando maconha ocorre enquanto mais estados dos EUA estão legalizando a maconha para uso médico e recreativo.
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do WND (WorldNetDaily): Nearly 1/4 of teens now smoke pot
Leitura recomendada:

14 de dezembro de 2017

Patheos ataca Julio Severo por mencionar origem islâmica da Estátua da Liberdade


Patheos ataca Julio Severo por mencionar origem islâmica da Estátua da Liberdade

Julio Severo
Em seu artigo no Patheos “Wingnut: Statue of Liberty a ‘Pagan Curse’ on America” (Doido: Estátua da Liberdade É uma “Maldição Pagã” sobre os EUA) o autor ateu Ed Brayton disse:
“Exatamente quando você achava que os doidos não poderiam ficar mais ridículos, eles dão um jeito de superar seu próprio recorde mundial por disparate total. Julio Severo, um blogueiro brasileiro, escreve — como seria de esperar — no BarbWire que a Estátua da Liberdade é um símbolo pagão que tem amaldiçoado os EUA. Porque o islamismo isso e aquilo.”
Então ele acrescentou que a Estátua da Liberdade não tem “absolutamente nada a ver com o islamismo,” como resposta direta ao meu artigo no BarbWire “Statue of Liberty, a Pagan-Islamic Curse on America?” (cuja versão em português é: “Estátua da Liberdade, uma maldição pagã-islâmica sobre os EUA?”)
Patheos e Brayton conseguiram desmentir meu artigo no BarbWire? De forma alguma.
* Um artigo intitulado “A Estátua da Liberdade Era Originalmente uma Mulher Muçulmana” do Instituto Smithsoniano diz exatamente o contrário de Patheos e Brayton. O Instituto Smithsoniano é um grupo de museus e centros de pesquisas administrados pelo governo dos Estados Unidos.
* Há também um artigo do jornal DailyBeast intitulado “A Estátua da Liberdade Nasceu Muçulmana.”
Isso é suficiente? Estamos ouvindo o ateu Ed Brayton chamando o Instituto Smithsoniano e o DailyBeast de “doidos”?
Parece que Brayton não gosta de usar o Google para pesquisar em busca de respostas muito básicas. Esse problema é generalizado entre esquerdistas. Eles não gostam de respostas. Mas eles gostam de causar confusão. O site “Socialista Obstinado” me criticou pela mesma razão de Brayton.
Brayton encerrou seus ataques dizendo:
“Pessoas muitas vezes me perguntam por que escrevo sobre essa gente e suas ideias bizarras. A resposta, pensaríamos, deveria ser óbvia: Porque há muitas pessoas no mundo que realmente acreditam nessas coisas. Milhões e milhões delas. Elas influenciam eleições. Elas dirigem órgãos governamentais. Elas ocupam direção de universidades e projetam currículos de homeschoolilng. Suas ideias são divulgadas em sites como BarbWire, cujo dono é um cara que era assistente do reitor da Faculdade de Direito da Universidade Liberty, que tem influência imensa na Direita evangélica. Precisamos jogar luz nessa ideologia insana, em vez de ignorá-la.”
O artigo anticonservador de Brayton foi publicado no Patheos, um site que contém uma salada infernal de escritores religiosos e não-religiosos. A primeira vez que vi Patheos achei que eram ateus, pois vi escritores ateus entre seus colunistas. Aliás, Patheos é mencionado no artigo “Observatório da Direita, da entidade esquerdista americana People for the American Way, coloca Julio Severo na lista negra” por sua crítica à minha opinião sobre demônios.
Sou o único cristão conservador atacado por Patheos? De forma alguma.
No artigo “Mulheres Cristãs Reunidas em Washington Marcharão contra o Feminismo e o Aborto,” Patheos criticou as mulheres cristãs que protestariam contra o feminismo e o aborto. A autora da crítica é a ateia Sarahbeth Caplin.
No artigo “Prezado Conservador Cristão: Uma Carta Aberta de uma Ex-Evangélica,” uma “cristã” progressista do Patheos que abandonou o evangelicalismo exorta leitores evangélicos a abandonar o evangelicalismo e o conservadorismo. Ela terá muita dificuldade em sua missão, pois nenhum evangélico conservador verdadeiro leria Patheos.
Os ateus não são os únicos escritores em Patheos, que tem também os seguintes colunistas:
* Brian McLaren, um pastor protestante progressista que apoia o “casamento” gay.
* Qasim Rashid, um escritor muçulmano.
* Brad Hirschfield, um escritor judeu esquerdista.
* Vivianne Crowley, alta sacerdotisa da Wicca (religião de bruxaria).
* Bristol Palin, filha da ex-candidata presidencial dos EUA Sarah Palin.
* Frank Schaeffer, “cristão” progressista que é o filho do falecido teólogo e escritor reformado conservador Francis Schaeffer. Frank se tornou um ativista esquerdista pró-aborto e pró-sodomia e hoje ele ataca todas as posturas conservadoras de seu pai.
Patheos tem muitos outros escritores “cristãos” progressistas, ateus, muçulmanos, pagãos e espíritas. Se você não é conservador, você é bem-vindo em Patheos! Não é um lugar para verdadeiros seguidores de Jesus Cristo.
Entretanto, é o lugar perfeito para doidos esquerdistas como Ed Brayton, que me chamou de “doido” porque progressistas, socialistas e esquerdistas têm um hábito terrível de acusar suas vítimas do que eles são.
Três anos atrás, Brayton usou o mesmo xingamento contra mim. Ele também rotulou o astro do cinema Chuck Norris de “retardado” porque Norris disse que se Obama fosse eleito em 2012, o socialismo dele levaria os EUA a mil anos de escuridão.
Ao repetir “doido” para si mesmo ele espera convencer sua mente ateísta de que sou o que ele é.
Contudo, ele se engana tanto nesse esforço quanto na ideia de que a Estátua da Liberdade não tem nenhuma origem islâmica.
No que depender de doidos “cristãos” progressistas, ateus, muçulmanos, pagãos e espíritas, a Babilônia religiosa anticristã de Patheos abençoará um ídolo pagão-islâmico em Nova Iorque que está amaldiçoando os Estados Unidos
Leitura recomendada:
Leitura recomendada sobre a Esquerda dos EUA contra Julio Severo:

13 de dezembro de 2017

Socialista obstinado critica Julio Severo por dizer que Estátua da Liberdade representa maldição pagã-islâmica sobre os EUA


Socialista obstinado critica Julio Severo por dizer que Estátua da Liberdade representa maldição pagã-islâmica sobre os EUA

Julio Severo
Escrevendo num site chamado “Democrata Obstinado” (Die Hard Democrat), o esquerdista americano Thomas Jenkins está irritado porque em meu artigo “Estátua da Liberdade, uma maldição pagã-islâmica sobre os EUA?” vi, baseado em fatos históricos e interpretação da Bíblia, simbolismo pagão e islâmico, representando maldição, na Estátua da Liberdade. (Democrata nos EUA se refere a um membro do Partido Democrático, cujas políticas são socialistas.)
Em seu artigo intitulado “Right-Winger Claims Statue Of Liberty Is ‘A Pagan-Islamic Curse On America’” (Direitista Afirma que Estátua da Liberdade Representa uma Maldição Pagã-Islâmica sobre os EUA), Jenkins disse:
A Estátua da Liberdade é um dos símbolos nacionais mais instantaneamente reconhecíveis e eternos dos Estados Unidos. No entanto, ela traz consigo um simbolismo que não agrada a alguns conservadores direitistas, pois representa também abertura para aceitar estrangeiros em nossa população. Um ativista cristão criticou a Estátua da Liberdade ainda mais longe afirmando bizarramente que a Estátua da Liberdade é realmente uma “maldição pagã-islâmica.”
Então, citando meu nome e mostrando minha foto, ele disse:
Julio Severo, um teórico de conspiração da extrema direita, escreveu um artigo no site conservador BarbWire em que ele tentou compartilhar a história “verdadeira” da Estátua da Liberdade. Severo declarou duvidosamente das origens da estátua: “A Estátua da Liberdade foi originalmente concebida como uma mulher muçulmana para permanecer na entrada do Canal de Suez no Egito, com uma lanterna na sua mão levantada como farol e símbolo de progresso. Mas o escultor, Frederic Auguste Bartholdi da França, não conseguiu vender a ideia ao governante do Egito, pois no mundo islâmico, as mulheres são símbolos de submissão, não progresso. Então o Egito islâmico rejeitou a ‘mulher islâmica de progresso.’” Continuando, ele disse: “Entretanto, Bartholdi não desistiu de sua ideia. Ele a vendeu aos americanos, transformando a mulher muçulmana numa escultura neo-clássica representando a deusa romana da liberdade, Libertas, ou Estátua da Liberdade — como é conhecida hoje nos EUA.”
Teórico de conspiração da extrema direita? Sério? Em setembro passado, o site “Democrata Obstinado” me atacou porque não culpei a teoria de conspiração do aquecimento global pelo Furacão Harvey. Para refutar sua defesa dessa teoria de conspiração esquerdista, escrevi “Socialista obstinado critica Julio Severo por não culpar o aquecimento global pelo Furacão Harvey.”
O Observatório da Direita, uma organização da extrema esquerda que me colocou em sua lista negra, também não gostou do meu artigo sobre a Estátua da Liberdade.
Então, Thomas Jenkins disse:
Julio lamentou: “Não só é a paganização moderna dos EUA um mistério desconcertante para os americanos conservadores, mas também sua atitude submissa de acolher milhões de imigrantes e ‘refugiados’ muçulmanos.” Ele então criticou os últimos cinco governos presidenciais, tanto democratas quanto republicanos, por aceitarem “centenas de milhares” de muçulmanos nos Estados Unidos. Ele disse sobre os presidentes: “A conduta deles é chocante. Ou os EUA estão loucamente apaixonados pelos muçulmanos ou algum ‘espírito’ está destruindo sua resistência cristã e levando-os a seu suicídio cristão pelas mãos de islâmicos. Todos esses presidentes são, nominalmente ou não, cristãos evangélicos. Por alguma razão, que não é cristã, eles injetaram centenas de milhares de muçulmanos nos EUA. Eles estavam submissos a uma agenda secreta — tão secreta quanto a mulher muçulmana por trás de Libertas?” Severo depois declarou: “Os EUA aceitaram uma desgraça sobre si sem saber. Um símbolo pagão romano de um antigo império morto envolvido na cultura da morte. Mistério dos mistérios: a deusa romana que está em Nova Iorque tem uma alma de mulher submissa ao islamismo escondida. A Estátua da Liberdade traz uma maldição pagã do Império Romano extinto. E como bônus na maldição pagã, há uma maldição islâmica.” Você acha triste que este homem realmente acredite nesse absurdo?
Vamos ver o que é absurdo de verdade.
Em outro artigo publicado no site “Democrata Obstinado” (Die Hard Democrat), Jenkins disse: “O presidente republicano Donald Trump criou polêmica internacional desnecessária recentemente quando proclamou que os Estados Unidos haviam oficialmente reconhecido Jerusalém como a capital de Israel.”
Absurdo total é não reconhecer Jerusalém como capital de Israel quando Jerusalém tem sido a capital de Israel por 3 mil anos.
Um membro normal do Partido Democrático nos EUA apoia a doutrinação homossexual de crianças e o aborto legal, que é o assassinato de bebês inocentes. Então democratas obstinados como Jenkins, Barack Obama e Hillary Clinton apoiam muito mais fanaticamente a doutrinação homossexual de crianças e o aborto legal.
A doutrinação homossexual de crianças é puro absurdo. O aborto legal é puro absurdo e assassinato.
Meu “absurdo” (de acordo com as convicções esquerdistas de Jenkins) não assassina bebês inocentes e não sacrifica a inocência das crianças no altar da doutrinação homossexual.
Entretanto, o absurdo esquerdista facilmente desculpa e defende o assassinato da inocência e das vidas das crianças.
Leitura recomendada:
Leitura recomendada sobre a Esquerda dos EUA contra Julio Severo:

12 de dezembro de 2017

Observatório da Direita, da entidade esquerdista americana People for the American Way, coloca Julio Severo na lista negra


Observatório da Direita, da entidade esquerdista americana People for the American Way, coloca Julio Severo na lista negra

Julio Severo
O Observatório da Direita (em inglês, Right Wing Watch), uma grande organização socialista dos EUA, tem por diversas vezes, desde 2014 (veja: “Crítica esquerdista perturbada de People for the American contra um conservador brasileiro”), colocado na lista negra meus artigos publicados no portal conservador americano BarbWire, e tem exposto-os para sua audiência esquerdista nos EUA por opiniões politicamente incorretas.
Muitos nomes conservadores proeminentes dos EUA estão na lista negra do Observatório da Direita. Meu lugar na lista deles está aqui.
Meu artigo do BarbWire mais recente colocado na lista negra do Observatório da Direita tem o título de “Statue of Liberty, a Pagan-Islamic Curse on America?” (cuja versão em português é “Estátua da Liberdade, uma maldição pagã-islâmica sobre os EUA?”) O Observatório da Direita disse em 11 de setembro de 2017:
 “Julio Severo avisa que a Estátua da Liberdade está trazendo uma ‘maldição pagã-islâmica sobre os EUA.’”
Esse não foi meu único artigo colocado por eles em sua lista negra. Meses atrás, eles colocaram na lista negra What Will America Gain by Making Homosexuality Great?O Observatório da Direita em 29 de junho de 2017:
Julio Severo diz que “Se os EUA querem ser grandes, deveriam desprezar o pecado de Sodoma como repugnante e seguir o Livro amado pelos primeiros americanos.”
O texto completo em português está aqui:  O que os EUA ganharão engrandecendo a sodomia?
O Observatório da Direita expôs, ao mesmo tempo, Melania Trump, Tom DeLay e Erik Rush apenas por expressarem opiniões conservadoras odiadas pela esquerda dos EUA.
Em 12 de junho de 2017, O Observatório da Direita disse:
Finalmente, Julio Severo tem uma mensagem: “Como evangélico conservador brasileiro, peço que os evangélicos dos EUA pressionem o governo de Trump para abandonar o imperialismo homossexual de Obama no Departamento de Estado e honrar seu compromisso com seus eleitores evangélicos, que foram decisivos para sua vitória. O governo de Trump deveria defender a família contra a homossexualidade predatória, que é uma ameaça especial às crianças.”
Por que o Observatório da Direita quer defender Trump, que é um evangélico, em suas atitudes não conservadoras envolvendo seu Departamento de Estado pró-sodomia? Especificamente, por que essa poderosa organização esquerdista quer defender Trump de um evangélico conservador brasileiro?
O Observatório da Direita expôs, ao mesmo tempo, Jesse Lee Peterson e David Kupelian apenas por expressarem opiniões conservadoras odiadas pela esquerda dos EUA.
Outros líderes conservadores proeminentes frequentemente atacados pelo Observatório da Direita são: Scott Lively, Pat Robertson, Peter LaBarbera, Tony Perkins, Matt Barber, Linda Harvey, Bill Federer, Michael Savage, Alex Jones, Joseph Farah, Jerry Falwell Jr., Jane Chastain, Erik Rush, Bryan Fischer, Michele Bachmann, James Dobson, Dinesh D’Souza, Barbara Simpson, Mat Staver, Cindy Jacobs, Lou Engle, Lance Wallnau, Rick Joyner e muitos outros.
O que o Observatório da Direita, cujo dono é a entidade People for the American Way, quer?
De acordo com o WND, um dos maiores sites conservadores do mundo, People for the American Way (PFAW) é “uma organização socialista ateísta que, por meio de publicações como seu ‘Right Wing Watch’ [Observatório da Direita] se dedica à destruição dos conservadores em geral.” 
De acordo com seu site, o Observatório da Direita tem uma missão especial de atacar conservadores que se opõem à agenda gay, ao aborto e à ideologia muçulmana.
Esta não é a primeira vez que o Observatório da Direita me expôs. Em janeiro passado, o Observatório da Direita disse:
Finalmente, Julio Severo está revoltado que o vice-presidente Pence tirou seus sapatos enquanto estava visitando uma mesquita na Indonésia: “Você pode tirar seus sapatos onde Deus está. Mas tirar seus sapatos num lugar onde Deus é ofendido é uma afronta a Deus. Um cristão jamais deveria tirar seus sapatos num lugar em que o islamismo é adorado.”
Por que o Observatório da Direita quer defender Pence, que é um evangélico conservador, em suas atitudes não conservadoras envolvendo o islamismo? Especificamente, por que essa poderosa organização esquerdista quer defender Pence de um evangélico conservador brasileiro?
Em janeiro passado, o Observatório da Direita disse:
Julio Severo afirma que o Departamento de Estado de Obama fomentou a “guerra cultural em favor da agenda homossexual” no mundo inteiro que foi executada por aquela “neocon pró-sodomia,” Hillary Clinton.
Em outubro do ano passado o Observatório da Direita disse:
Julio Severo proclama que “A neocon Hillary e seu vice católico querem expurgar os Estados Unidos de conservadores cristãos reais… Os reais Pais Fundadores da América, inclusive o primeiro presidente americano George Washington, eram brancos, protestantes e conservadores. Eles não eram pró-aborto, pró-sodomia e neocons. Eles nunca apoiariam a neocon Hillary.”
Naquele mesmo mês, o Observatório da Direita disse:
O site BarbWire de Matt Barber publicou um artigo na segunda-feira escrito pelo colaborador frequente Julio Severo, que ficou alarmado com uma “reunião da comunidade bissexual” na Casa Branca no mês passado e, de forma principal, com o discurso de um índio sioux que se descreve como bissexual que começou sua apresentação invocando “o Grande Espírito, Wakan Tanka, para guiar nossas palavras e pensamentos de modo que falemos com verdade e força.”
Numa coluna intitulada “Bisexual Indian Invokes Demons At White House” (Índio bissexual invoca demônios na Casa Branca), Severo escreveu que o homem havia invocado “espíritos homossexuais,” assim infestando a Casa Branca de demônios que só podem ser expulsos por “pessoas que conhecem e usam a autoridade do nome de Jesus.”
“Uma cultura homossexual é uma cultura de possessão demoníaca,” escreveu ele. “A Casa Branca virou morada de demônios?”
O proeminente site ateu americano Patheos também criticou minha perspectiva sobre demônios. Eles não acreditam em nenhuma atividade de Deus e demônios neste mundo. Num artigo intitulado “The White House Must Be Exorcised Of Bisexual Native American Demons, Says Christian Writer” (A Casa Branca Precisa de Exorcismo de Demônios Indígenas Bissexuais, Diz Escritor Cristão), Patheos disse, “Severo descreveu os espíritos/demônios gays como sendo ‘invisíveis, letais e destrutivos’ — o que é fascinante considerando que, até onde sabemos, ninguém nunca foi de fato assassinado por um…”
O artigo do Patheos gerou 110 comentários de ateus furiosos contra Severo.
Em outro artigo ontem, o Observatório da Direita disse:
“Julio Severo avisa que se ‘Hillary for eleita, todos nos Estados Unidos e no mundo pagarão caro pelo agressivo ativismo abortista e homossexualista dela.’”
O texto completo em português está aqui: O artigo em português é este: “Por que os evangélicos preferem Donald Trump a Hillary Clinton?”)
O Observatório da Direita expôs, ao mesmo tempo, a Universidade Liberdade, Jerry Falwell Jr., Jane Chastain, Erik Rush, Bryan Fischer, Paula White, Michele Bachmann, Samuel Rodriguez, James Dobson e Mat Staver apenas por expressarem opiniões conservadoras odiadas pela esquerda dos EUA.
Eles também me “expuseram” em 28 de setembro de 2015:
Finalmente, Julio Severo não está contente com a nomeação de Eric Fanning como ministro do Exército dos EUA: “Tenho certeza de que no caso de Obama e de Fanning, o Pai dos Estados Unidos aprovaria sentença neles e trataria, com nojo e ódio, a sodomia e defesa da sodomia deles como um crime infame. No mínimo, Obama seria expulso da presidência dos EUA e Fanning seria expulso do Exército, ambos com desonra, para nunca mais voltarem. Ambos cometeram traição contra o Pai dos Estados Unidos.”
O texto completo em português está aqui: Obama nomeia homossexual assumido para liderar Exército dos EUA
Eles também me “expuseram” em 30 de junho de 2015:
Julio Severo avisa que “A homossexualidade trouxe destruição para Sodoma, e trará destruição para qualquer cidade ou superpotência que a adote. Um remanescente de cristãos fiéis a Deus precisa alertar acerca do perigo da sodomia e apoiar esforços para proteger crianças e suas famílias contra isso.”
Meu texto completo em português está aqui: “Casamento” homossexual dos EUA afetará outros países
Em 18 de junho de 2015, o Observatório da Direita de novo me “expôs” dizendo:
Finalmente, Julio Severo quer ver Scott Lively nomeado “como embaixador especial dos Estados Unidos para os Direitos Humanos das Crianças e Sua Proteção contra a Agenda LGBT.”
De novo, o Observatório da Direita leu minha opinião politicamente incorreta no Barbwire.
Por que o Observatório da Direita tem focado nos meus artigos?
Qual é a intenção deles?
Em 2011, o WND havia feito uma reportagem (a versão em português está neste link) sobre a monitoração do Ministério de Segurança Nacional dos EUA contra meu blog. Qual era a intenção deles?
No mesmo ano, o WND fez uma reportagem, que se tornou manchete (a versão em português está neste link), sobre o PayPal cortando minha conta depois da campanha de uma organização homossexual nos EUA.
Por que o Golias (Observatório da Direita, Ministério de Segurança Nacional dos EUA, etc.) monitora e se preocupa com um pequeno Davi?
Leitura recomendada:
Leitura recomendada sobre a Esquerda dos EUA contra Julio Severo: